Testemunha da época, Sr. Steurer

Bruno Gröning ajuda um ferido de guerra

Bruno Gröning am ZugfensterBruno Gröning frequentemente viajava de trem para ver pessoas que pediam ajuda e ocorreu o seguinte em uma dessas jornadas:

H. Steurer: "O trem em que Bruno Groening estava viajando chegou na estação de Innsbruck, onde faria uma pequena parada. Bruno Gröning abriu a janela e olhou para fora.

Eu estava parado na plataforma e sentia muita dor. Havia lido no jornal sobre sua atuação e a respeito das pessoas sofredoras. Agora ali estava ele, olhando pela janela do trem. Eu fui até ele e pedi, por favor, me ajude por causa da minha forte dor. Ele se levantou, foi até o fundo do vagão, voltou e me passou uma bola de papel alumínio pela janela. Ele me disse para colocar a bola nas partes que doíam e que eu deveria rezar. Então o trem começou a se mover.

Minhas dores foram causadas pelos ferimentos resultantes dos estilhaços da explosão de uma mina: perdi a visão do olho direito e um braço. Segui logo os conselhos de Bruno Gröning e segurei a bola perto do meu corpo. Em pouco tempo, as dores sumiram e nunca mais voltaram. Desde o primeiro momento, o Sr. Groening me passou uma particular e maravilhosa impressão. Eu tive a sensação de que ele era uma pessoa que realmente podia ajudar. Ele não pediu pagamento pela bola, somente me ajudou, sem interesse algum."

Dokumentarfilm

Documentário:
"O Fenômeno
Bruno Gröning"

filme exibido em muitas cidades ao redor do mundo

Grete Häusler-Verlag

Grete Häusler Editora: Uma grande variedade de livros, revistas, CDs, DVDs e calendários

fwd

Os cientistas com a palavra: aspectos interessantes dos Ensinamentos de Bruno Gröning